Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Da redação

    Violência sem fim: Pedestre morre a facadas após reagir a um assalto

    Criminoso foi perseguido e preso pela Guarda Municipal na Avenida Bento Gonçalves próximo ao local do latrocínio.

    Publicado 11/07

    Um jovem que só foi identificado pelo nome de Cléber é a terceira vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) deste ano. O autor foi preso em flagrante por agentes da Guarda Municipal. Ele teria confessado ter esfaqueado a vítima e alegou que a mesma teria reagido ao roubo. O caso está aos cuidados da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas.

    O crime ocorreu na noite de segunda-feira, por volta das 22h, na Rua Barão de Santa Tecla, na esquina com a Doutor Cassiano. Segundo consta no boletim de ocorrência, populares que passavam pelo local acionaram a Guarda Municipal informando que havia um rapaz caído no chão, sangrando muito.

    Quando os agentes chegaram ao local, as testemunhas informaram as características do suspeito, e eles saíram em perseguição ao mesmo localizando-o na Avenida Bento Gonçalves.  O suspeito de 25 anos estava com uma faca suja de sangue enfiada na cintura, e admitiu ter esfaqueado a vítima. Disse que não roubou nada, porque ele fugiu quando viu o rapaz tombar ferido no chão.

    O acusado foi preso em flagrante pelos agentes da Guarda Municipal, encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Depois de autuado foi recolhido ao Presídio Regional de Pelotas (PRP).

    HOMICÍDIO – Morreu na madrugada de ontem o homem de 67 anos que foi vítima de bala perdida no dia 3. No dia do fato, ao escutar disparos a vítima saiu à rua para fechar o portão da casa, no Jardim Europa, Bairro Areal, e foi alvejada por um disparo no tórax. Sadir Nunes Mota não resistiu aos ferimentos. Pelotas atinge a marca dos 60 homicídios. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa trabalha para identificar quem são os dois homens que trocavam tiros. O aposentado estava internado no Hospital Universitário São Francisco de Paula. O óbito foi registrado pelo filho.

    Leia mais sobre: Da redação, Geral, Notícias Locais, Polícia

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90