Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3272-1300 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Da redação

    Saiba tudo sobre o concurso para Guarda Municipal

    A segurança pública em Pelotas contará com o reforço de 80 novos guardas municipais com a abertura do concurso 173/2017 para a contratação de agentes.

    Publicado 30/10

    As inscrições para o processo seletivo estão disponíveis em www.legalleconcursos.com.br até 20 de novembro.

    Atualmente, Pelotas conta com 217 oficiais, destes, 65 aptos a ações ostensivas. O diferencial do contingente a ser selecionado está no direcionamento de 100% desse efetivo para a repressão da violência. Antes do lançamento do Pacto Pelotas pela Paz, a GM já havia demonstrado o potencial para se unir às demais forças de segurança na cidade e, com o compromisso assumido nas Operações Integradas, o aumento de sua participação em intervenções no combate à criminalidade e à perturbação do sossego público se tornou essencial.

    Ao contrário dos profissionais que ingressaram quando a GM foi criada em 9 de fevereiro de 1990 (cujo uso de arma de fogo é facultativo), os novos guardas deverão portar arma e estar habilitados ao trabalho repressivo. Originalmente a corporação tinha o caráter de proteção ao patrimônio público, mas com a aprovação da lei federal 13022, de 2014, a GM foi incumbida também da proteção municipal preventiva.

    O secretário de Segurança, Aldo Bruno Ferreira, comemora a viabilização da primeira turma a ser incorporada com uma base sólida e treinamento em direitos humanos, técnicas e táticas de emprego policial.  “Diante da escassez do efetivo estadual, a Guarda ganhou um papel importante na segurança. É mais uma força a se somar na prevenção e repressão da violência nos bairros, Centro e no apoio a operações que irão atender a comunidade”, afirmou.

    O processo seletivo envolve seis etapas, todas classificatórias e eliminatórias, entre elas, o Curso de Formação Básica que terá 600 horas aulas e preparará os novos agentes para atuarem na preservação da vida, na redução do sofrimento e diminuição das perdas,  no patrulhamento preventivo, compromisso com a evolução social da comunidade e uso progressivo da força.

    SELEÇÃO EM SEIS ETAPAS

    Prova objetiva
    Exames de aptidão física
    Exames de saúde
    Avaliação psicológica
    Investigação de vida pregressa e histórico-social
    Curso de Formação Básica

    FIQUE ATENTO

    Inscrições: até 20/11/2017
    Taxa: R$ 107,17
    Solicitações de isenção ou desconto na taxa de inscrição: 27/10 a 01/11/2017
    Envio de laudos médicos: 21/11/2017
    Período de recursos: 28/11 a 30/11/2017
    Homologação das inscrições: 05/12/2017
    Prova objetiva: 17/12/2017
    Teste físico: 21/01/2018

    O QUE É PRECISO PARA SE CANDIDATAR

    Ser brasileiro nato, naturalizado, ou cidadão português com igualdade de direitos e obrigações
    Ensino Médio completo
    Carteira Nacional de Habilitação AB
    Ter entre 18 anos e 74 anos
    Estar em dia com as obrigações eleitorais
    Estar em gozo dos direitos políticos
    Estar em dia com as obrigações militares

    Leia mais sobre: Da redação, Geral, Notícias Locais, Polícia

    Fonte: DM

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90