Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Da redação

    Procon identifica queda no cesto básico e na ração essencial de julho

    Redução chegou a 3,13% no caso da ração essencial. No cesto básico, diminuição foi menor, ficando em 1,24%.

    Publicado 01/08

    O Procon de Pelotas identificou queda de 1,24% no custo do cesto de produtos básicos de consumo popular na cidade. Em junho, o valor havia ficado em R$ 821,24, caindo para R$ 811,09 em julho. O gasto total da ração essencial, composta por 13 produtos que devem atender as necessidades de uma pessoa durante um mês, também teve queda, indo de R$ 406,08 em junho para R$ 393,38 em julho (- 3,13%). 

    Dentre os produtos com maior diminuição no preço de venda, destaque para o tomate (-34,64%) e a Laranja (-21,97%). Já itens como a cebola e o mamão tiveram suba de 31,34% e 15,13%, respectivamente. Cerveja, cigarro, pão francês e pasta dental mantiveram os mesmos preços. A avaliação realizada pelo Serviço de Educação do Consumidor do Procon Pelotas leva em conta os preços de 51 produtos. 

    IEPE

    O levantamento é baseado em estudo do Núcleo de Pesquisa e Estatística do Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas (IEPE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a partir de informações da Pesquisa Orçamento Familiar, que tem como base as despesas de famílias da região metropolitana de Porto Alegre, que recebem de um a 21 salários-mínimos.

    Campeões de aumento e queda

    Aumento

    Cebola (kg): + 31,34%
    Mamão: + 15,13%
    Bolacha recheada: + 11,63%
    Iogurte com sabores: + 9,29% 
    Aparelho de barbear descartável: + 7,26%

    Queda

    Tomate (kg): - 34,64%
    Laranja (kg): - 21,97%
    Maçã (kg): - 21,58%
    Cenoura (kg): - 19,36%
    Alface: - 14,35%

    Leia mais sobre: Da redação, Geral, Notícias Locais

    Fonte: Daiane Santos

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90