Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3272-1300 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    E.C. Pelotas

    Pelotas vence Inter-SM e se aproxima do acesso

    Fora de casa, Lobo venceu a equipe de Santa Maria por 2x0 e ficou muito próximo da 1ª divisão do Gauchão.

    Publicado 03/06

    Na partida de ida da semifinal da Divisão de Acesso, o Lobo soube aproveitar as chances que teve, diferentemente do Inter-SM, e deixa o Coração do Rio Grande com uma enorme vantagem para o duelo de volta, no próximo domingo. Para conquistar o acesso, como há saldo qualificado, os santa-marienses terão de vencer por dois gols de diferença ou mais. Um novo 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Qualquer emapate ou até derrota por um gol de diferença coloca o Lobo de volta a 1ª divisão gaúcha.

    O JOGO

    Dentro das quatro linhas e com o apoio de um estádio abarrotado de alvirrubros, foram quatro chances claras para o Inter-SM, mas a bola teimou em não entrar. Como castigo, em uma das poucas investidas do adversário, o Pelotas aproveitou uma cobrança de falta e saiu para o vestiário em vantagem.

    A primeira boa oportunidade foi aos 18 minutos, em um dos lances mais bonitos do ano na Baixada. O rápido e habilidoso Pablo limpou três marcadores e tocou para Jackson. O camisa 9 deu um chapéu no zagueiro e bateu de primeira. No entanto, o goleiro Giovani salvou o Pelotas. Em outro lance de perigo, aos 21, o goleiro pelotense saiu da meta e desarmou Pablo. No rebote, a bola sobrou para Jackson, que encobriu o camisa 1, mas o zagueiro Felipe salvou em cima da linha.

    Na sequência, o Pelotas conseguiu uma falta no lado do campo de ataque. O meia Hugo Sanches cobrou na cabeça do centroavante Giovane, que tocou para o fundo das redes de João Paulo: 1 a 0. A partir da vantagem, o lobo começou a segurar o jogo nas reposições, irritando a torcida e os atletas da casa. Aos 29, Chiquinho deu belo passe para Jackson. Ele limpou o adversário na entrada da área, e bateu de canhota. A bola passou raspando a trave de Giovani, caprichosamente.

    Inter-SM x Pelotas: Um 2007 que não sai da memória

    No segundo tempo, o Pelotas foi mais perigoso. Logo aos cinco minutos, chegou em falha do goleiro João Paulo, mas o zagueiro Dionatan salvou. Aos nove minutos, nova chegada dos visitantes. Hugo Sanches aproveitou mais um erro santa-mariense e mandou para as redes, mas Leandro Vuaden assinalou impedimento. Aos 11, Chiquinho bateu com força da entrada da área, e Giovani espalmou para escanteio. Em contra-ataque rápido, o Pelotas quase fez, aos 15 minutos. Contudo, Dionatan apareceu de forma providencial e desviou para escanteio. Mais à vontade em campo na etapa complementar, os comandados do técnico Paulo Porto conseguiram trocar passes no setor ofensivo. Aos 24, Hugo Sanches chutou colocado, dentro da área, com perigo, sobre o gol de João Paulo. Quando o sol desapareceu e a temperatura caiu, o bom futebol do Inter-SM também sumiu. Apostando na bola aérea, Munhoz colocou dois centroavantes: Paulo Henrique e Jeorge. Mas o Inter-SM pecava no último passe. O Lobo ainda teve mais uma boa chance, com Hugo Sanches, mas João Paulo defendeu. Aos 39, Jefferson entrou nas costas da defesa alvirrubra e se atirou de carrinho na bola. Ela raspou a trave de João Paulo.

    Desorganizado em campo, o Inter-SM levou mais um gol, aos 41 minutos. Hugo Sanches, destaque do Lobo na partida, driblou Manolo e fuzilou João Paulo: 2 a 0. Padel ainda foi expulso após acertar pontapé no adversário. Fim de jogo, vitória pelotense na Baixada e festa dos mais de 600 torcedores áureo-cerúleos em Santa Maria.

    INTER-SM 0
    João Paulo; Théo, Manolo, Dionatan e Icaro (Padel); Cabeça (Jeorge), Santana, Jardisson, Chiquinho e Pablo; Jackson (Paulo Henrique)
    Técnico: Vinicius Munhoz

    PELOTAS 2
    Giovani; Adriano Lara, Dão, Felipe (Ricardo) e Tatto; Carlão Moraes, Germano, Jean Roberto, Hugo Sanches e Cleverson (Ton); Giovane Gomes (Jefferson)
    Técnico: Paulo Porto

    Gols: Giovane Gomes e Hugo Sanches (P)
    Expulsão: Padel (I)
    Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por José Eduardo Calza e Leirson Martins
    Local: Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria

    Leia mais sobre: E.C. Pelotas, Esportes

    Fonte: Pedro Pavan - Diário-SM

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90