Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Opiniões

    O pelotense Manoel Barcelos, a Nacional e a dedicação à memória

    Manoel Barcellos Pancinha era parente de Cipriano Barcellos, duas vezes prefeito de Pelotas.

    Publicado 30/01

    Estou começando na Universidade Federal do Rio Grande do Sul a pesquisa "Dos Hertz aos bytes: uma história do rádio brasileiro". Baseia-se na teorização que elaborei para a trajetória do meio no país e que consolidei no artigo "Uma proposta de periodização para a história do rádio no Brasil", publicado na edição de maio-agosto de 2012 da revista Eptic, ligada à Rede de Economia Política de Informação, Comunicação e Cultura. Vou trabalhar com duas bolsistas, a Ananda Zambi e a Rafaela Venturella De Negri.

    Nas férias, sem querer, querendo, comecei a pensar em alguns detalhes de pesquisas já feitas e lembrei que um dos mais importantes profissionais do rádio brasileiro era da região onde nasci. Sou de Rio Grande e, ao lado, em Pelotas, começou há 90 anos o rádio do interior gaúcho. Ali também, embora eu tivesse poucas informações, Manoel Barcellos começou a sua carreira. Quem conhece a história da Rádio Nacional, do Rio de Janeiro, a mais importante emissora do país nos anos 1940 e 1950, vai lembrar que o programa de auditório dele era o palco para Marlene - "Lata d'água na cabeça / Lá vai Maria, lá vai Maria / Sobe o morro e não se cansa / Pela mão leva a criança / Lá vai Maria" -, especialmente, durante a disputa em torno do concurso Rainha do Rádio.

    Pois, a respeito das origens do Manoel Barcelos, resolvi perguntar ao Willy Cesar Rodrigues Ferreira, fundador do Museu de Comunicação Rodolfo Martensen, de Rio Grande, e um incansável pesquisador das coisas de lá. O Willy fez uma blitz, contactou dois grandes profissionais: o Otávio Soares, da Rádio Pelotense, a mais antiga em atividade no estado, que forneceu as primeiras informações, e o Clayton Rocha, da Rádio Universidade, a RU (meu irmão, quando morávamos em Rio Grande, era ouvinte assíduo). Graças a eles, tenho disponíveis informações preciosas. Seria injusto não compartilhá-las aqui com outros defensores da memória.

    Ao ler o texto do Clayton, lembrei na hora do Marco Aurélio, do Todas as Vozes, da Rádio MEC, do Rio de Janeiro, e do Fernando Morgado, autor de uma aguardadíssima biografia do Blota Júnior. Há outros também que, creio, vão se interessar por estas informações do Clayton.

    Ao Willy, ao Clayton e aos ouvintes pelotenses, um agradecimento e um abraço do tamanho da importância do rádio brasileiro. E, pretendo, como expliquei ao Willy, dedicar um tempo no futuro para uma pesquisa apenas a respeito do Manoel Barcelos. Será ótima oportunidade para estar na Zona Sul do meu estado e dar um abraço pessoalmente nos amigos (sem falar na possibilidade de desfrutar da culinária da região, uma das melhores do Rio Grande do Sul).

    Os dados repassados pelo Clayton:

    "Manoel Barcellos Pancinha era parente de Cipriano Barcellos, duas vezes prefeito de Pelotas. ( Praça Cipriano Barcellos, eternamente abandonada!). Miguel Barcellos, nome de rua em Pelotas, outro parente do radialista. A família toda viveu no Bairro Areal! Domingos José de Almeida era casado com uma mulher da Família Barcellos!
    __________________________________________________

    Nome da esposa do radialista: Dona Isa.
    Manoel Barcellos tinha 4 irmãos: Antônio, que morava em Porto Alegre. Dona Maria da Glória Pancinha Pinto de Sá, apelido " Dona Maricota", foi diretora do Colégio Assis Brasil. ( Dona Zilda Morrone sucedeu Dona Maricota na direção do Assis Brasil). Laura Barcellos Pancinha, outra irmã do radialista, morreu num acidente de carro em Pelotas. A professora de Matemática do Assis Brasil, Dona Maria José Barcellos Pancinha, também irmã do radialista Manoel Barcellos Pancinha.
    _________________________________________________

    Se estivesse vivo, Manoel Barcellos Pancinha estaria com 107 anos.
    _________________________________________________

    Manoel Barcellos Pancinha Filho, nascido na década de 50, mora no Rio de Janeiro e é professor universitário.
    César de Alencar, Emilinha Borba e Marlene, estas duas últimas "as Rainhas do rádio", trabalharam com Manoel Barcellos Pancinha na rádio Nacional do Rio de Janeiro. ( Manoel também foi diretor da rádio Nacional do Rio de Janeiro por vários anos).
    __________________________________________________

    Os irmãos Barcellos Pancinha foram registrados no Bairro Areal, no antigo Cartório Bettega. Cinco ao todo. Um primo - que reside no Laranjal - e que me repassou várias informações, localizará, nos próximos dias, uma fotografia dos anos 30, com dedicatória de Manoel Barcellos Pancinha aos seus primos pelotenses. O radialista trabalhou na rádio Cultura de Pelotas, comandando programas de auditório, e de Pelotas transferiu-se para o Rio de Janeiro, sem passar por Porto Alegre.
    __________________________________________________

    O professor Lino de Jesus Soares, de Matemática, que conviveu com a família Barcellos Pancinha, será convidado a participar do Pelotas 13 Horas da próxima segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015.
    __________________________________________________

    Além de diretor da rádio Nacional do Rio de Janeiro, o pelotense Manoel Barcellos Pancinha presidiu a Associação Nacional de Rádio e construiu - durante o seu período - o Hospital do Radialista, no Rio de Janeiro."

    Leia mais sobre: Opiniões

    Fonte: Luiz Artur Ferraretto

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Comentários (1)

    feito em 25/06/2017 14:35:38

    Bons tempos aqueles! Saudade...

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90