Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Artigos

    Eu tive um sonho...

    Em uma noite dessas, talvez levado pelas imagens que se exibiram perante mim, EU TIVE UM SONHO.

    Publicado 02/11

    Minha casa, como a de todos nós, brasileiros, dia após dia, é invadida, via televisão, por notícias que se concentram, basicamente, nas péssimas condições da saúde no Brasil, na Copa do Mundo e olimpíadas e na corrupção nos meios políticos.

    Não vou falar em corrupção, pois acho difícil vencê-la, e também porque penso estar fora do meu alcance sugerir algum tipo de solução para terminar com ela. Os últimos acontecimentos, que culminaram com a queda de cinco ministros, supostamente envolvidos em falcatruas, constituem um desafio para ser enfrentado pela senhora Presidenta, que tem se mostrado à altura da missão a ela confiada pelo povo.

    Porém, sobre SAÚDE X EVENTOS ESPORTIVOS, tenho ganas de arriscar um palpite.

    Preocupa-me, e perco a paz, quando vejo os corredores e portarias de hospitais cheios de gente jogada em macas e cadeiras transformadas em camas.

    A ansiedade e a angústia dessas pessoas, as quais procuram os serviços de saúde para receberem os cuidados garantidos pela Constituição, chegam a níveis desesperadores.

    Pensem bem, elas estão ali em busca, muitas vezes, da própria sobrevivência. Aí faltam leitos, remédios, médicos, aparelhos, etc.

    Não culpo os profissionais dessa área nem aos estabelecimentos hospitalares, por tanto sofrimento. Para exemplificar, relembro a entrevista que ouvi de um médico: ele estava operando um paciente na única sala de cirurgia que havia na casa de saúde, quando chegou um homem baleado, em situação de extremo perigo. Ele perguntou à repórter que lhe entrevistava o que deveria fazer. Tirar da mesa aquele cuja operação estava em curso e atender o que chegara...?

    De tal forma essa questão me afeta, que fico, às vezes, insone, pensando na tragédia de nossos irmãos, principalmente dos desvalidos da sorte. Daqueles que olham para a câmera de TV com olhar de súplica, ao mesmo tempo de esperança. Chego a pensar, em muitas ocasiões, que nossos olhares se cruzam e que me cabe tomar alguma providência.

    Em uma noite dessas, talvez levado pelas imagens que se exibiram perante mim, EU TIVE UM SONHO.

    Sonhei que eu viajava, no avião presidencial, a convite da Presidenta Dilma, entre Brasília e Manaus. Conversávamos muito sobre os incontáveis problemas que a realização da copa e olimpíadas trouxeram ao país. Concorrências mal feitas, reajustes inexplicáveis de preços na construção das obras, atrasos,  desvios de verbas milionárias, enfim, sobre todo o séquito de males que tomaram um vulto desmedido.

    Aí, em um momento de pausa, apanhei o jornal e mostrei à Presidenta a reportagem sobre a jovem grávida de gêmeos que teve de viajar mais de quinhentos quilômetros, já com a bolsa fetal rompida, para submeter-se ao parto, uma vez que essa era a distância mínima que a separava de uma UTI neo-natal.

    A Presidenta ficou pensativa, olhou-me e falou, com autoridade, quem sabe no mesmo tom com que D. Pedro proclamou a Independência: não haverá mais copa do mundo nem olimpíadas. Vamos solucionar, com os bilhões que seriam gastos nessa aventura, os problemas prioritários do Brasil, que, não são, certamente, esportivos.
    Espero não acordar do sonho...

     

    Leia mais sobre: Artigos, José Rodrigues Gomes Neto

    Fonte: José Rodrigues Gomes Neto

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Comentários (1)

    feito em 05/11/2011 02:33:57

    Lamentavelmente,esse belo sonho não se tornará realidade.

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90