Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3272-1300 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Da redação

    Câmara aprova projeto da Carne: Proposta libera venda de carnes fracionadas e temperadas nos açougues e estabelecimentos varejistas de carnes e embutidos

    Paula tem 15 dias para decidir se irá sancionar o projeto.

    Publicado 04/07

    A Câmara de Vereadores de Pelotas aprovou nesta terça-feira o Projeto de Lei nº 3635/2018 que regulamenta o funcionamento dos açougues e estabelecimentos varejistas de carnes e embutidos.

    O projeto de autoria da Comissão de Saúde presidida pelo vereador  Marcola (PT) é uma resposta direta ao decreto do Governo do Estado que proibia a venda de carnes fracionadas ou temperadas em pequenos e médios açougues. Com a aprovação Pelotas passa a ser a primeira cidade do RS a regulamentar este tipo de comércio.

    Desde as primeiras horas da manhã comerciantes reuniram-se diante da Câmara para assar um churrasco com aproximadamente cem quilos de carne com o objetivo de chamar atenção para a necessidade de aprovação da nova legislação. “Precisamos ter tranquilidade para trabalhar é a lei garante isso”, comentou  o comerciante Maicon Moreira Torres.

    O presidente da Comissão de Saúde e autor da nova lei, vereador Marcos Ferreira, o Marcola (PT) salienta que além de servir de modelo para outras cidades a legislação é, também, garantia de manutenção de centenas de postos de trabalho em Pelotas. “Tanto quanto garantir segurança aos comerciantes e liberdade para os consumidores comprarem carne da forma que quiserem, este projeto garante as vagas dos trabalhadores dos mais de 300 estabelecimentos do ramo existentes na cidade”, resumiu.

    A partir de agora a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) tem 15 dias para apreciar o projeto e decidir se irá sancioná-lo.

    Leia mais sobre: Da redação, Geral, Notícias Locais, Política

    Fonte: DM

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90