Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Esportes

    Brasil vence Goiás e deixa zona de rebaixamento da Série B

    Publicado 05/08

    O primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com o Brasil de Pelotas fora da zona de rebaixamento. Neste sábado, atuando junto a sua torcida no Estádio Bento de Freitas, o Xavante conseguiu superar o primeiro tempo ruim, a pressão excessiva sofrida no início da segunda etapa e saiu de campo com os três pontos ao vencer o Goiás por 1 a 0.

    Com o resultado positivo, o time gaúcho subiu para a 15ª posição, mas pode perdê-la caso o Criciúma vença o Sampaio Corrêa. Mesmo assim, se esse resultado se confirmar, o Brasil termina fora da zona de rebaixamento para a Série C. Já o Goiás teve sua reação contida e fecha o turno com 27 pontos.

    Mesmo atuando longe de seus domínios, foi o Goiás quem tomou a iniciativa do jogo e dominou as ações ofensivas do primeiro tempo. Com ótima chance logo no primeiro lance, o time comandado por Ney Franco começou pressionando o Brasil de Pelotas e chegou até acertar a trave aos 24 minutos. A única chance perigosa do time da casa veio aos 13 minutos, quando Lourency emendou um voleio que Marcos defendeu.

    Na segunda etapa, o Goiás também começou pressionando e criando as melhores chances, mas o Brasil superou um novo início ruim e chegou ao seu gol aos 39 minutos, com Rafael Dumas, que aproveitou o escanteio para dar números finais ao jogo.

    O JOGO

    Mesmo atuando fora de casa, o Goiás tomou a iniciativa da partida e deu indícios disso logo no primeiro lance. Com menos de um minuto, Giovanni arriscou de fora da área e criou muito perigo para Marcelo Pitol, que fez grande defesa para evitar o gol.

    Atuando com três zagueiros, o time comandado por Ney Franco tinha os jogadores de lado de campo atuando de forma avançada e pressionando a saída de bola do Brasil de Pelotas, que encontrava muitas dificuldades para criar jogadas ofensivas e abusava das ligações diretas. Além das defesas, Pitol aparecia de forma efetiva para tentar dar início aos lances.

    A primeira chegada do time da casa aconteceu aos 13 minutos e em um lindo lance coletivo do Brasil. Após bola sobrada na lateral da área, Luiz Eduardo cruzou de bicicleta para o miolo e Lourency, sem marcação, dominou e emendou um voleio,mas a bola saiu fraca e Marcos fez a defesa sem grandes dificuldades.

    Alternando momentos de pressão e de marcação mais baixa, o Goiás tinha o domínio do jogo e criava as melhores chances. Aos 18, em bela trama coletiva, Michael tocou para Renato Cajá, que devolveu por cima da defesa, dentro da área, para o camisa 11. Pitol, porém, saiu bem da meta e evitou a conclusão. Em seguida, aos 24, foi a vez de Ernandes acertar a trave. Após cruzamento pela direta, Lucão desviou e o meia carimbou o poste.

    SEGUNDO TEMPO

    A pressão do primeiro tempo foi repetida no início do segundo pelo Goiás, que encontrou um Brasil de Pelotas também mais ofensivo, diferentemente do que havia acontecido. A primeira chance, porém, foi novamente do time visitante, com Ernandes, que aproveitou a dividida, mas tocou fraco para defesa de Pitol. A resposta dos mandantes veio no minuto seguinte, com Valdemir, que bateu firme para defesa de Marcos.

    Aos poucos, o Brasil de Pelotas tomou para si o protagonismo do jogo, também pela falta de efetividade que o Goiás passou a ter ao longo dos minutos depois de uma pressão inicial tão intensa quanto a da primeira etapa. Em boa chance, aos 20, Leandro Leite tocou rente à trave. Em seguida, Lourency recebeu de Luiz Eduardo e Marcos fez grande defesa.

    Quando o jogo tomou o caráter mais franco, com as duas equipes abdicando da defesa para buscar o gol, a rede balançou pela primeira vez e única na tarde deste sábado. Aos 39 minutos, Rafael Dumas se desvencilhou da marcação e aproveitou a cobrança de escanteio de Pereira para fazer o primeiro tento do Brasil de Pelotas e dar números finais ao jogo.

    FICHA TÉCNICA

    BRASIL DE PELOTAS 1 x 0 GOIÁS

    Local: Estádio Bento Freitas
    Data: 04 de agosto de 2018, sábado
    Horário: 16h30 (Brasília)
    Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
    Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)
    Público total: 4.194 pessoas
    Público pagante: 3.597 pessoas
    Renda: R$ 58.860,00

    Leia mais sobre: Esportes, G.E. Brasil

    Fonte: Gazeta Esportiva

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90