Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3272-1300 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Da redação

    Blocos burlescos fortalecem popularidade do Carnaval pelotense

    Publicado 12/02

    Com a mesma animação que faz história desde os antigos carnavais, os blocos burlescos Mafa do Colono, Tesoura da Tiradentes, Bruxa da Várzea e Candinhas da Cerquinha garantiram a folia na Passarela do Samba até perto do amanhecer de domingo (11). Policiamento que acompanhou passo a passo dos desfiles não registrou nenhuma ocorrência. A folia na Passarela do Samba transcorreu em clima de paz.

    A tradição de homens vestidos de mulher predominou na indumentária cômica e criativa dos blocos. Extravagantes, com vestidos, salto alto, maquiagem, perucas, penteados, meias rendadas, sutiãs com fartos enchimentos, shorts curtos, saias justas e olhares insinuantes provocaram risos e aplausos do público dos camarotes e cadeiras.

    Milhares de componentes desfilaram nos blocos, sem limite de idade. As únicas exigências foram alegria e diversão.

    Comunidades

    Nenhum dos burlescos que desfilou é estreante em passarela do samba. Os cinco têm nome reconhecido e aceitação em suas comunidades.

    A Mafa do Colono, primeiro bloco a desfilar no Carnaval 2018, é da zona norte, das imediações da Praça do Colono. O Bafo da Onça, segundo na Passarela do Samba, é do bairro Simões Lopes. A Tesoura da Tiradentes, terceira entidade, é da região da Balsa. A Bruxa, penúltimo burlesco a se apresentar, é da zona da Várzea, e o bloco Candinhas, último, é da área da Cerquinha.

    Os foliões orgulham-se de suas entidades e de suas origens, mas na passarela, na hora do samba, os blocos receberam de braços abertos uns aos outros e os componentes acabaram desfilando em várias entidades, promovendo a integração e um grande Carnaval.

    Material e Proposta

    Coloridos! Fosse de tecido, plástico, papelão ou outro tipo, o colorido prevaleceu na passarela e o material foi utilizado com grande criatividade. Muito reciclado foi transformado em alegorias – um dos quesitos do concurso entre os burlescos.

    Alegorias de mão levaram muitos recados. Nos escritos, propostas de paz e amor predominaram, validando a adesão aos propósitos da Doce Folia da Paz.

    Entre os foliões dos blocos burlescos, representantes da comunidade levaram alegria à Doce Folia da Paz. Os vereadores Daniel Trzeciak e Luiz Henrique Viana, ambos do PSDB, desfilaram no chão, mostrando o samba no pé. Daiane Dias e Toninho Peres, do PSB, em cima de caminhão, junto com Éder Blank (PDT). O vereador Reinaldo Elias (PTB) também desfilou.

    Concurso

    Os blocos burlescos desfilaram em concurso. Os quesitos em julgamento foram conjunto visual, alegorias e adereços, bateria, animação e evolução.    

    O presidente da Associação de Entidades Carnavalescas de Pelotas (Assecap), Roberto Nunes, informa que a premiação será dada em troféus de primeiro, segundo e terceiro lugares aos vencedores. Data, local e horário serão definidos nos próximos dias.

    Leia mais sobre: Da redação, Geral, Notícias Locais

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90