Container

Palácio do Comércio

Endereço: Rua Sete de Setembro, 274/7º andar - Centro - Pelotas - RS

Telefone: (53) 3307-0313 - - Twitter: @pelotas13horas

Programa: Pelotas 13 Horas, onde o debate é livre e a opinião independente

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Clayton Rocha - Trajetória

    Opiniões

    Biblioteca Pública de Pelotas: incineração de acervos bibliográficos?

    Obtive de um colecionador de livros duas obras de grande importância. Segundo informações, tais obras teriam sido salvas, por acaso, de alegada incineração de acervos bibliográficos, promovida pela atual Direção da Biblioteca Pública de Pelotas.

    Publicado 20/12

    Algo que causa surpresa e necessita de maiores esclarecimentos, para que não se cometam injustiças.

    Obtive de um colecionador de livros duas obras de grande importância.

    Segundo informações, tais obras teriam sido salvas, por acaso, de alegada incineração de acervos bibliográficos, promovida pela atual Direção da Biblioteca Pública de Pelotas.

    Em minhas mãos a obra poética –Serres Chaude – de Maurice Maeterlinck ( 1862-1949), um dos maiores poetas e teatrólogos simbolista, nascido na Bélgica. A publicação da obra data de 1912, editada por Paul Lacomblez, Éditeur .

    A outra, Desgostos da Vida de Casados escrita por nada menos que Honoré de Balzac, traduzida do francês por Garibaldi Falcão e publicada pela célebre e histórica Empreza Litterária Universal, Lisboa e Rio de Janeiro.

    Tais livros pertenciam à biblioteca do nosso Clube Caixeral e doados à Biblioteca Pública de Pelotas, para conservação e exposição a interessados pesquisadores e amantes da literatura.

    Se a ordem de incineração ou de envio ao lixo de obras da envergadura das mencionadas realmente aconteceu, deve merecer especial atenção dos amigos do Site 13 Horas e do público em geral.

    A Biblioteca Pública de Pelotas, empresa privada não obstante o nome, é detentora de um dos mais importantes acervos de livros e periódicos do nosso país. Daí, para evitar qualquer especulação desabonatória à atual direção da nosso Biblioteca Pública, faz-se, absolutamente necessário que sejam esclarecidos os fatos, com a convocação da direção da Biblioteca para comparecer ao Programa 13 horas, se ainda não compareceu. Eventuais Boatos sobre a insensibilidade da direção daquela instituição, no trato do precioso acervo, devem ser definitivamente afastados e, se for o caso, justificada a ação.

    A Biblioteca Pública de Pelotas transcende à mera situação jurídica de empreendimento privado, constituindo-se em patrimônio cultural histórico da cidade de Pelotas, fundada em 1875 e inaugurados os alicerces do prédio, em 1878 pelo visconde da Graça, João Simões Lopes Filho.

    Hoje, o faustoso prédio da Biblioteca está lindamente restaurado, para a apreciação dos pelotenses e turistas: indiscutíveis méritos das sucessivas direções da Casa.

    Contudo, se de fato ocorreu grave descaso para com o seu patrimônio bibliográfico, de nada adianta a aparência aristocrática, pois restaram desprezados os objetivos propostos por aqueles que, no século XIX, empreenderam a obra, quais sejam, a difusão da cultura e conhecimentos.

    Leia mais sobre: Opiniões, Francisco de Paula Bermudez Guedes

    Fonte: Francisco de Paula Bermúdez Guedes

    Compartilhe

    Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS

    Comentários (2)

    feito em 20/12/2012 14:43:43

    Professor, ouvi seu relato no 13 e me assustei! Penso que atos como esses, apesar de todos os argumentos tecnicos de biblioteconomia, lembra tempos infelizes da historia. E se de fato aconteceu, chega a ser aterrador!
    Alexandre Borio

    feito em 20/12/2012 11:34:48

    Sr.Guedes,faz cerca de 10 anos que houve uma sequência de furtos na Biblioteca do Caixeiral.A polícia esteve no Clube e rastreou o ladrão,que havia ficado sócio e pediu para ser responsável pela biblioteca.As raridades sumiram todas.O Seu Mogar sabe detalhes e o Dr.Fausto tambem sabe,pode perguntar para eles.Pela importancia dos livros que estão com o senhor,acredito que não tenham entrado (quanto mais saido) da biblioteca publica.R.L.V.

    Deixe um comentário

    ATENÇÃO: O comentário não exige identificação e somente será publicado quando aprovado pelo editor do site.

    Siga esta matéria

    Informe seu nome e e-mail abaixo para o sistema enviar um aviso quando houver atualizações nos comentários desta matéria.

    Topo 980x160

    banner4 160x90

    banner1 160x180

    banner2 160x180

    banner2 160x90

    banner1 160x90

    banner3 160x90